Páginas

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

O mundo ao seu redor

As vezes as pessoas se impressionam com a minha capacidade de pensar e imprimir isso em palavras, o que eu vejo, poucos percebem. Me sinto como um estranho no paraíso, onde o céu é como uma cova onde você se enterra embaixo dos seus gastos, futilidades e interesses egoístas. São pessoas que enxergam o dia sem ver ao sol e a noite não a lua, por isso gosto de escrever e lembrá-las que o nosso mundo oferece felicidade e amor de graça e que eles nunca acabam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário